17.6.07

Attack of the Killer Tomatoes! (O Ataque dos Tomates Assassinos)

1978
Comédia
Direção: John De Bello

Roteiro: John De Bello e Costa Dillon



Há quem liste esse filme na categoria de Terror Trash. Não eu. É comédia pura, uma paródia dos filmes de Terror Trash cujas sinopses se resumiam em ataques dos mais estranhos monstros (um exemplo é Fase IV: Destruição de 1974, que conta o estranho ataque de formigas inteligentes).

Aparentemente inofensivos, tomates começam uma revolta frutífera e começam a assassinar indiscriminadamente quem encontram pela frente. Rapidamente o problema passa a tomar proporções absurdas e Mason Dixon (David Miller) é contratado pelo governo dos EUA para descobrir como derrotar essas estranhas criaturas.

O que deixa esse filme mais engraçado é o fato de se parecer tanto com os filmes que pretende parodiar. O Ataque dos Tomates Assassinos não é uma parodia como Todo Mundo em Pânico, que faz referências diretas a alguns filmes, mas é uma paródia mais indireta que faz referências aos filmes trash em geral.

Não há sequer um momento do filme que possa ser considerado terror. O filme não tenta passar medo algum, ou assustar, e as cenas em que os tomates atacam são sempre estritamente cômicas. É um humor completamente pastelão e non-sense, com diálogos absurdos e incoerentes e personagens excêntricos.

O filme usa também como tática alguns momentos musicais, aproveitando para parodiar também esse gênero cinematográfico. Mas não só de gêneros do cinema se valem as piadas de O Ataque dos Tomates Assassinos, que aproveita para fazer algumas criticas aos EUA, como no momento em que alguns soldados do exército canta uma música a respeito dos grandes feitos heróicos dos Estados Unidos, como por exemplo a Guerra do Vietnã, usando de clara ironia.

É um filme engraçado, talvez um pouco cansativo, mas que vale a pena ser visto por quem gosta ou não de filmes de terror.

Um comentário:

Johnny Strangelove disse...

Hoje, o publico desaprendeu a diferenciar estilos de filmes. se hoje, um mero espectador ver ... vai achar sem graça. pena

mas se puder e se eu achar, irei tentar ver
abraços