1.3.06

Ju-On: The Curse / Ju-On: The Curse 2 (A Maldição)

2000
Terror

Direção: Takashi Shimizu
Roteiro: Takashi Shimizu


Esses dois filmes foram feitos para TV pelo Takashi Shimizu e fizeram tanto sucesso no Japão que ele resolveu fazer uma versão para o cinema. Essa nova versão, justamente o famigerado Ju-On: The Grudge (O Rancor) já comentado aqui no Pipoca no Edredom, é mais como uma continuação desses dois primeiros do que um remake propriamente dito.

Sinopse: A história básica é a mesma em ambos os filmes (que praticamente se repete em Ju-On: The Grudge). A casa amaldiçoada pela tragédia da família (que prefiro não contar como foi, pois é mais legal descobrir aos poucos), está constantemente incorporando à maldição desavisados que nela entram.

Em ambos os filmes as mortes que iniciaram a maldição são contadas com tantos detalhes quanto necessários para o entendimento da mesma (e não são necessários muitos). A variação das histórias se dá no enfoque das diferentes personagens que entram na casa.

Digamos assim, que o primeiro filme é muito bom, muito original, conta bem a história inicial e é realmente beeeem assustador! Já o segundo filme acaba se tornando extremamente repetitivo, pois durante quase metade do filme se passa recontando o primeiro (usando, inclusive, as mesmas cenas); e tem muito menos cenas de terror propriamente dito.

De forma que Ju-On:The Curse 2 acaba se tornando um filme muito maçante, é como assistir Ju-On: The Curse pela segunda veze e as cenas mais legais não estarem lá!

O que é mais interessante é que, apesar de Ju-On: The Grudge usar a mesma linguagem dos dois primeiros e contar basicamente a mesma história, ele é sem sombra de dúvida o mais belo e mais assustador! Takashi Shimizu aperfeiçoou os filmes transformando-os numa obra prima. A linguagem usada mais apurada, a separação das pequenas histórias que formam o filme está mais bem distribuída e a ordem em que elas são dispostas está muito mais elaborada. As cenas de terror com a Kayako e o Toshio são as piores da história do terror, principalmente por causa da melhora significativa nos efeitos sonoros do filme.

É melhor eu parar por aqui, pois isso está quase se tornando uma crítica do filme errado...







Cena de Ju-On: The Curse 2

-----------------------

Desculpe-me pela demora, fiquei sem computador durante o carnaval...

5 comentários:

polo disse...

então vc sabe onde podemos conseguir o terceiro? deve ser uma compilacao de cenas dos dois primeiros, mas temos que assistir. definitivamente.

Thalita disse...

Então... Eu tenho 3:
Ju-On: The Curse
Ju-On: The Curse 2
Ju-On: The Grudge
(q eu assisti com vc)

E estou baixando Ju-On: The Grudge 2.

XTrobo disse...

oi Thalita, tudo bem?
Obrigado pela visita e pelos elogios!
Vou confessar que fiquei preocupado com uma coisa q vc disse. Sobre não entender o q escrevo.
Procuro escrever da forma mais clara possível. Tento abordar temas complexos de forma simples.
Mas acho q nem sempre dá certo né?... hehehehe!!!
Sigo tentando!!
Beijoxxxxx!!

Yza Saeki disse...

konnichiwa thalita!
eu gosto bastante deste filme..mas tenho duvidas...
a unica versao que vi foi a versão americanizada(the grudge, certo?)mas sei que tem a versão japa tbm.
até ai nenhuma novidade..mas quero saber quantos exatamente filmes sobre toshio(um amor de criança)tem!!
os titulos que ja ouvi falar:
ju on:the curse
ju-on:the grudge
the grudge

estou confusa!!!
please...helpe me!!
yza_blue@msn.com

Thalita disse...

É o seguinte. No total são 5 filmes.

Como eu disse na crítica, primeiro foram feitos dois filmes para TV: Ju-On: The Curse e Ju-On: The Curse 2.
Esses filmes fizeram muito sucesso no Japão, então Takashi Shimizu resolveu fazer um pro cinema: Ju-on: The Grudge. Na minha humilde opnião, esse filme é uma obra-prima, incomparável aos outros dois anteriores.
Com o sucesso, ele acabou lançando mais um filme: Ju-On: The Grudge 2. Na minha humilde opnião, bem ruim.
Então, Holywood resolveu fazer a sua própria versão dos filmes com o próprio Shimizu como diretor: The Grudge. Mas o filme deixa a desejar.

Espero ter esclarecido a dúvida!