24.10.10

The Fourth Kind (Contatos de 4º Grau)




2009
Ficção Científica, Suspense
Direção: Olatunde Osunsanmi
Roteiro:
Olatunde Osunsanmi
e Terry Robbins






Como cinema (no sentido físico e não conceitual) não faz parte do meu vocabulário há alguns anos, não tive o prazer de ser tapeada pelo Sr. Osunsanmi. Não sei se eu cairia na farsa (prefiro acreditar que não), mas dentro da sala de cinema, onde o filme parece engolir a gente, não duvido que eu ficaria inicialmente abalada com esta película. Mas não foi o caso, claro. Vi em casa, muito tempo depois de já saber do golpe publicitário, e fui percebendo as diversas falhas que comprovam, antes de qualquer notícia, que Contatos de 4° Grau não passa de mais uma ficção.

A psicóloga Dra. Abbey Tyler (Milla Jovovich / Charlotte Milchard) perdeu recentemente o marido em circunstâncias muito estranhas, e sua família ainda sofre com essa súbita falta. Moradora de Nome, uma pequena cidade do Alaska, a Dra. Tyler decide dar continuidade ao tratamento dos pacientes de seu marido, que apresentavam estranhas coincidências entre os casos. Aos poucos, Abigail percebe que essas coincidências podem ter alguma ligação com a morte de seu marido, e podem colocar sua vida e a de seus filhos em perigo.

Inicialmente apresentado como sendo baseado em fatos reais, Contatos de 4° Grau traz uma novidade que o faz se destacar dentre seus predecessores: paralelamente às cenas gravadas com os atores em estúdio, Osunsanmi nos apresenta também as supostas gravações reais cedidas pela 'verdadeira' Dra. Abigail Tyler. Essas imagens 'reais' muitas vezes dividem a tela com as cenas dramatizadas, para que possamos acompanhar simultâneamente as duas versões da história e atestar a fidelidade do filme aos acontecimentos.

Ao mesmo tempo que esse diferencial age a seu favor, por sua inovação e ousadia, é também o seu maior problema. Isso porque Milla Jovovich não é apenas fisicamente muito diferente de Charlotte Milchard, como a caracterização as distancia ainda mais. Enquanto Charlotte apresenta uma Dra. Abigail em frangalhos, estrambólica e que em alguns momentos beira o catatonismo de quem já não tem mais forças, Milla está ainda mais linda do que de costume, nos brindando com uma personagem forte e decidida. Claro que a diferença de comportamento se dá por a personagem estar sendo vista em diferentes momentos da sua vida. Porém, isso não minimiza os fatos, já que, com isso, a impressão que fica é a de que temos duas pessoas distintas - o que dificulta a aproximação entre o espectador e a protagonista.

Una a essa partição da personagem principal as diversas falhas e inverossimilhanças de roteiro e temos um filme que não consegue sustentar sua mentira nem mesmo enquanto está sendo assistido. Eu não fico ofendida pela tentativa de ser enganada, ao contrário. Porém, se é para enganar, faça-o bem feito. Como eu disse, talvez dentro de uma sala de cinema, com aquele som alto e a telona que nos envolve,
Contatos de 4° Grau poderia até conseguir me confundir durante a sessão, mas um breve contato com o mundo real já seria o suficiente para que meus neurônios acordassem de seu estado hibernatório.

Apesar disso tudo, devo confessar que gostei do filme. As gravações da Dra. Abigail podem não ser muito esclarecedoras pois pouco de fato mostram, mas as imagens retorcidas e os gritos fazem um bom trabalho no quesito "manter o espectador apreensivo". E o efeito deve ser ainda maior em quem tem predisposição a acreditar em extraterrestres. No fim, acho que o saldo é positivo, mas com tanto potencial para ser um filme excelente, fica um gostinho de insatisfação na boca.

4 comentários:

Ida Feldman disse...

Olá!

Meu nome é Ida Feldman e estou divulgando o II Festival IESB de Cinema.

Esse Festival visa valorizar e difundir a produção audiovisual realizada por estudantes universitários do Brasil, além propiciar um espaço de interação, troca e estímulo a trabalhos semi-profissionais do audiovisual. Poderão participar estudantes de todos os cursos das universidades brasileiras e cursos livres de audiovisual, desde que o autor da obra seja o estudante.

Meu contato com você é para saber se é possível a divulgacão do nosso Festival no seu blog.

Mais infos estão no blog oficial do Festival: http://festivaliesbdecinema.blogspot.com/p/regulamento.html

Ficarei grata se puder contar com o seu apoio.

Ida Feldman
Divulgadora On Line
II FESTIVAL IESB DE CINEMA
idafeld@gmail.com
11.7838-6765

tha disse...

Olá, Ida,

Eu sou arquiteta e esse blog é só um hobbie.

Já coloquei o link para o blog do festival na bara lateral. Se vc quiser que eu coloque alguma imagem de divulgação, posso fazer isso tb!

Abraços!

Dr Johnny Strangelove disse...

Bom retorno.
Dessa leva de falso documentário, esse é um dos poucos projetos que não vi.
Talvez veja quando tiver uma oportunidade.

Abraços e até mais.

tha disse...

Oi, JP!

Eu tenho entrado no seu blog toda semana, só não tenho deixado comentários pq não vi tb os últimos filmes q vc postou lá, rsrs.

Abraços.